QUINTA-FEIRA, 3 DE NOVEMBRO DE 2022 Comissão de Tite terá Ricardo Gomes, auxiliar do Corinthians e analista do Palmeiras na Copa

seleção brasileira terá três reforços na comissão técnica durante a Copa do Mundo do CatarFernando Lázaro, auxiliar do Corinthians, Lucas Oliveira, analista de desempenho do Palmeiras, e o técnico e ex-jogador Ricardo Gomes farão parte da equipe de Tite.

O foco do trio estará na observação de adversários do Brasil e outras seleções durante o Mundial.

Fernando Lázaro, Lucas Oliveira e Ricardo Gomes já vinham prestando serviços para a CBF ao longo desse ano. O profissional do Corinthians viajou à Europa em setembro para assistir a jogos da Liga das Nações. Já os outros dois analisaram "in loco" possíveis adversários nas últimas três datas Fifa - em junho e setembro acompanharam a Sérvia, rival do Brasil na estreia da Copa, em 24 de novembro.

Veja também:
+ Qual clube teve mais jogadores convocados pela seleção brasileira para Copas?
+ Luiz Henrique, ex-Flu, é surpresa em lista da Seleção com 55 jogadores para a Copa

Fernando Lázaro, auxiliar do Corinthians, e analista da Seleção — Foto: Rodrigo Coca / Ag.Corinthians

Fernando Lázaro, auxiliar do Corinthians, e analista da Seleção — Foto: Rodrigo Coca / Ag.Corinthians

Ex-zagueiro, Ricardo Gomes foi capitão da seleção brasileira na Copa de 1990 e acabou cortado da Copa de 1994 por lesão às vésperas do Mundial dos EUA. Ele tem longa carreira como treinador, comandou a seleção olímpica da CBF entre 2002 e 2004 - sem conseguir a classificação para os Jogos Olímpicos de Atenas, na Grécia - e nos últimos anos alternou funções de treinador e de dirigente de futebol.

Além de observador de seleções adversárias, Ricardo pode ajudar também em treinamentos e discussões com a comissão técnica. Com experiência de ex-jogador no futebol europeu - foi ídolo em Portugal e na França, onde começou a carreira como treinador aos 31 anos -, ele se aproxima de papel que Tite chegou a procurar em Muricy, hoje dirigente do São Paulo, e Júnior, comentarista da Globo.

– É importante essa experiência dele como treinador e jogador, foi capitão em Copa. Ele veio trabalhar conosco e realmente acrescentou bastante. Tanto é que a gente também vai poder utilizá-lo em alguns dias no treinamento, ficando mais próximo da gente. Ele vai ficar no nosso ambiente. Além de fazer observações de adversários, ele pode ajudar nos treinamentos – contou Juninho Paulista, coordenador da seleção principal, em contato com o ge.

Capitão na Copa de 1990, Ricardo Gomes persegue Diego Armando Maradona na partida em que os argentinos eliminaram o Brasil — Foto: Etsuo Hara/Getty Images

Capitão na Copa de 1990, Ricardo Gomes persegue Diego Armando Maradona na partida em que os argentinos eliminaram o Brasil — Foto: Etsuo Hara/Getty Images

Como no Catar não serão necessários grandes deslocamentos para assistir aos jogos de outras seleções, como na Copa da Rússia, em 2018, os observadores de adversários estarão mais próximos do dia a dia do grupo canarinho.

Gabriel de Oliveira, analista do Fluminense, e Marcinho, ex-jogador e atual auxiliar do Bragantino também colaboraram com Seleção nos últimos meses, produzindo relatórios sobre a Suíça, mas eles não irão ao Catar.

Marcinho, Tite, Ricardo Gomes e Juninho Paulista na sede da CBF — Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Marcinho, Tite, Ricardo Gomes e Juninho Paulista na sede da CBF — Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Lucas Oliveira tem passagens por diversas seleções de base, é mestre em Educação Física e está no Palmeiras desde 2020. Antes, passou por Athletico-PR, Grêmio e Ludogorets, da Bulgária.

Lucas Oliveira é analista de desempenho do Palmeiras — Foto: Divulgação

Lucas Oliveira é analista de desempenho do Palmeiras — Foto: Divulgação

Filho do ex-lateral Zé Maria, Fernando Lázaro integrou a comissão técnica da Seleção até 2019, quando saiu para ser auxiliar Sylvinho no Lyon, da França.

Ele não será o único representante do Corinthians no estafe brasileiro no Catar. O analista Raony Thadeu também faz parte da equipe de analise de desempenho ao lado de Bruno Baquete e de Thomaz Koerich. Este trio é responsável por abastecer Tite e seus auxiliares com materiais (especialmente em vídeo) que são utilizados em treinos, preleções e até mesmo durante os jogos.

+ CLIQUE AQUI e veja mais notícias da Seleção

Programação da seleção brasileira até a Copa do Mundo — Foto: Infoesporte