SEXTA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2023 ÀS 14:33:15
Araçatuba retoma programa Gestores da Paz

Profissionais das redes pública e particular de ensino de Araçatuba (SP) foram o público-alvo da palestra “Exposição e Perigos Digitais”, da escritora e educadora em sexualidade Monica Kaimen, reflexão promovida pelo grupo Gestores da Paz, em seu retorno às atividades presenciais coletivas, após interrupção pela pandemia de covid.

 

O evento realizado na quarta-feira (24), no auditório da Unip, coordenado pelo grupo composto pela Secretaria Municipal de Educação de Araçatuba, Diretoria de Ensino do Estado de São Paulo, Ministério Público, por meio da Promotoria da Infância e Juventude, com assessoria da psicopedagoga Vivi Tuppy, coordenadora dos Programas de Cultura de Paz, que atua há tempos nesta área.

 

A abertura contou com falas do promotor público da Infância e Juventude de Araçatuba, Joel Furlan, do prefeito Dilador Borges (PSDB) e da vice-prefeita Edna Flor (Cidadania). Estiveram presentes autoridades como o defensor público da Infância e Juventude, Ângelo Dalben, o diretor regional de ensino Helder de Held e a supervisora estadual de ensino Marisa Aparecida Coltri Lelis, bem como secretários municipais e membros de diversos departamentos da administração pública.

 

O programa Gestores da Paz ocorria mensalmente, reunindo todos os diretores de escolas municipais e estaduais, desde antes da pandemia. A retomada atendeu pedido da Prefeitura, que solicitou a abordagem do tema educação sexual com gestores escolares. O evento também foi ampliado a agentes comunitários de saúde, com participação de representantes de hospitais e do Fórum de Araçatuba.

 

“O objetivo é buscar trazer reflexões, para que se tenha um olhar cuidadoso a fim de evitar que crianças e adolescentes sejam vítimas de abuso sexual e saber lidar com o problema, caso ocorra”, explicou a secretária municipal de Educação, Sivana de Sousa e Souza.

 

A vice-prefeita Edna Flor elogiou a palestrante. “Quando se fala em educação sexual, todos nós temos noção da profundidade do tema. Quero parabenizar a Mônica Kaimen, estudiosa do assunto e escritora, pela forma tão equilibrada e didática, e ao mesmo tempo tão profunda, agregando conhecimento científico à realidade e à pratica, desde a biologia ao Tiktok, com tamanha maestria, equilibrio, sem cair na vulgaridade, mas conseguindo ser acessível, numa linguagem popular, sem causar constrangimentos.

 

Todos nós ficamos na vontade de nos aprofundarmos neste conhecimento, para que cesse essa forma de violência, que e tão velada, mas de tamanha crueldade”.


Fonte: HojeMais