SEXTA-FEIRA, 9 DE JUNHO DE 2023 ÀS 15:56:35
Crianças são esfaqueadas em ataque na França; Macron disse que vítimas estão 'entre a vida e a morte'

Quatro crianças e um adulto foram esfaqueados por um homem de nacionalidade síria em um parque em Annecy, cidade nos alpes da França, na manhã desta quinta-feira (8). Segundo a agência de notícias Reuters, testemunhas disseram que pelo menos uma criança envolvida estava em um carrinho de bebê.

 

O agressor foi detido pela polícia após o ataque.

 

Emmanuel Macron, presidente da França, disse que o estado de saúde dos feridos é grave.

 

"Ataque de absoluta covardia nesta manhã em um parque em Annecy. Crianças e adultos estão entre a vida e a morte. A nação está em choque. Nossos pensamentos estão com eles, suas famílias e os serviços de emergência mobilizados."

 

 

Cobertura da BFM, canal de televisão da França, sobre ataque com faca em Annecy — Foto: Reprodução/BFM TV

Cobertura da BFM, canal de televisão da França, sobre ataque com faca em Annecy — Foto: Reprodução/BFM TV

 

 

A identidade das vítimas não foi divulgada, mas sabe-se que duas crianças eram estrangeiras — uma holandesa e outra britânica. Uma vítima tem 22 meses, duas têm dois anos e uma outra tem três anos.

 

James Cleverly, ministro das Relações Exteriores britânico, falou sobre o assunto na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico, em Paris.

 

"Uma das crianças feridas era de nacionalidade britânica. Já mobilizamos funcionários consulares britânicos para apoiar a família. Nossos pensamentos estão com as vítimas e suas famílias e estamos prontos para apoiar as autoridades francesas da maneira que pudermos."

 

Segundo a agência de notícias AFP, a promotoria disse que o atirador não tinha motivação terrorista.

 

Repercussão

O ministro do Interior da França, Gerald Darmanin, também falou sobre o ataque em uma rede social. "Várias pessoas, incluindo crianças, foram feridas por um indivíduo armado com uma faca em uma praça em Annecy."

 

O prefeito de Annecy, François Astorg, manifestou solidariedade aos familiares. "A situação está sob controle, não há mais perigo. Todo o meu apoio aos pais."

 

Parlamentares fizeram um minuto de silêncio. "Nada mais abominável do que atacar crianças", disse o presidente da Assembleia Nacional, Yael Braun-Pivet, no Twitter.

 

Inicialmente, a polícia havia dito que eram oito crianças feridas.


Fonte: G1