SEGUNDA-FEIRA, 16 DE JANEIRO DE 2023 ÀS 15:27:49
Homem é morto com paulada na cabeça em Brejo Alegre

Jaime Domingos Girotto, 63 anos, foi assassinado na manhã deste domingo (16) em uma propriedade rural na cidade de Brejo Alegre (SP), município vizinho Birigui. Testemunhas disseram ter visto um homem correndo atrás da vítima e batendo com um pedaço de madeira na cabeça dela, mas não conseguiram identificá-la.

 

A Polícia Civil foi comunicada do caso pouco depois das 10h30 e equipe chefiada pelo delegado Eduardo Lima de Paula seguiu para o local, após acionar o Instituto de Criminalística para realização de perícia.

 

No local o corpo Girotto foi encontrado caído e com aparente lesão na cabeça. Os policiais militares que atenderam a ocorrência preservaram a área e relataram que haviam sido chamados por causa de uma briga entre duas pessoas. O denunciante havia dito que uma pessoa corria atrás da outra pela área rural, com um pedaço de pau, com o qual teria batido na cabeça da vítima. Porém, quando chegaram ao local, encontraram Girotto já sem vida.

 

Testemunhas

A equipe de investigação ouviu um homem que estava pelo local. Ele relatou manter uma plantação de mandioca nas proximidades e estava distante quando viu a vítima correr, sendo seguida por outro homem que a agrediu com uma paulada na nuca.

Essa testemunha afirmou não ter visto outras características do autor naquele momento, não podendo afirmar quem seria tal pessoa. Porém, revelou que Girotto havia brigado com diversos vizinhos. A pessoa que acionou a polícia também estava pelo local e alegou ter chegado após a fuga do agressor, não tendo conseguido ver quem seria. Outras pessoas que não quiseram se identificar confirmaram que a vítima teria discutido com um homem.

 

Investigação

Os policiais militares que atenderam a ocorrência estiveram na casa de Girotto e recolheram uma carabina de pressão modificada para atirar munições do calibre 22 e o celular dele, que devem ser periciados.

Ao término da perícia familiares da vítima foram localizados pela Polícia Militar e o corpo foi recolhido e encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) para exame necroscópico. O caso foi registrado como homicídio e será instaurado inquérito policial para apurar as causas e a autoria do crime.


Fonte: Hojemais